Guia do Consórcio

Entre em contato e descubra tudo que podemos fazer por você

O QUE É O CONSÓRCIO?

Um consórcio funciona como uma modalidade de aquisição de um bem de valor. Esse sistema é baseado na junção de várias pessoas que possuem um objetivo semelhante de adquirir algum bem de consumo.

Sendo assim, todos os membros concordam em contribuir com um determinado valor para formarem uma poupança coletiva.

O contrato é finalizado após um período estipulado, no qual todos os participantes podem finalmente acessar uma carta de crédito e conquistar o seu bem de consumo.

A ideia é que o consórcio funcione de uma maneira diferente do modelo de financiamento. Ao financiar um bem de consumo, a pessoa pega o dinheiro emprestado com o banco e quita esse valor com juros.

Em contrapartida, o consórcio funciona a partir de um pagamento antecipado à corretora. Ele viabiliza a compra do seu bem de consumo à vista.

Além disso, é possível que o participante seja contemplado em um sorteio e possa adquirir o seu bem mais cedo, tendo que seguir com os pagamentos após a contemplação.

Ao ser contemplado com a carta de crédito, o consorciado é notificado pela sua administradora. Porém, também é possível acompanhar o sorteio ao vivo, pois as assembleias costumam ser transmitidas pela Internet e podem ser frequentadas pessoalmente.

Viu o que é um consórcio? Tem mais coisas interessantes que você precisa saber sobre
CONSÓRCIO NA PRÁTICA!

CONSÓRCIO | COMO FUNCIONA?

O QUE É O CONSÓRCIO?

Antes de optar pelo consórcio, é fundamental entender quais são as regras e detalhes do seu funcionamento.

Todos os participantes desejam comprar um item e fazem contribuições mensais de uma parcela, que é destinada para uma poupança do grupo.

Um sorteio é feito entre os participantes do consórcio a cada mês. A pessoa contemplada recebe a sua carta de crédito e todo dinheiro necessário para realizar a compra à vista do seu bem.

Porém, caso o participante não queira esperar pela contemplação, ele pode fazer um lance em dinheiro, mais ou menos como um leilão tradicional. E, caso o consorciado dê a maior quantia no mês, pode levar a carta de crédito.

Mas vale ressaltar que existem regras para fazer o lance. As condições de oferta variam de acordo com a empresa e o grupo. Outro termo comum em consórcios é a cota, que você precisa entender bem para saber o que é um consórcio.

A cota é a parte que cada participante tem direito na poupança do grupo. Ela é a responsável por assegurar a sua participação nas assembleias mensais que são organizadas pelo banco ou administradora.

Na formação do consórcio, cada cota ganha uma numeração única, e essa combinação de números serve para a diferenciar entre os outros membros do grupo.

Por sua vez, a administradora é a pessoa jurídica que fica responsável por gerenciar o consórcio. Ela é a única autorizada a fazer esse tipo de comercialização e costuma oferecer uma ampla variedade de produtos financeiros.

Vale ressaltar que apenas as administradoras validadas pelo Banco Central possuem permissão para operar, só assim um consórcio se torna realmente legalizado para operar no país.

Dessa forma, o cliente pode escolher entre diferentes prazos de pagamento, parcelas e valores de crédito. A escolha é baseada na sua realidade financeira e possibilidades de pagamento.

A administradora precisa distribuir as seguintes informações aos membros do consórcio: tempo de duração, quantidade de cotas adquiridas, valor da parcela a ser paga pelo participante, tipo de bem de consumo e as condições que envolvem os sorteios e lances.

Outra questão importante sobre o que é um consórcio no ponto de vista do cliente é o pagamento de parcelas.

O consorciado precisa entender como é feito o cálculo dessas prestações. No geral, o valor é calculado a partir de quatro fatores. São eles: taxa de administração, fundo comum, seguro e fundo de reserva.

QUAL A VANTAGEM DE FAZER UM CONSÓRCIO?

O consórcio é um sistema que oferece benefícios bastante atraentes para o cliente. O primeiro é o custo baixo, uma vez que ele não exige nenhum tipo de adiantamento ou valor de entrada.

Quando comparado a outros tipos de investimentos, o consórcio apresenta um risco menor e envolve pouca burocracia.

Além disso, ele não inclui nenhuma taxa de juros, e o participante arca apenas com um valor pago para a administradora durante o período de contrato.

Outra vantagem do consórcio é a autonomia, ou seja, o participante pode escolher o valor das parcelas e o tempo em que pretende quitá-las. Além disso, caso a pessoa desista do processo, ela pode resgatar todo o montante que foi pago.

E mesmo que poucas pessoas acreditem nessa possibilidade, é completamente possível que um participante seja sorteado já no primeiro mês, deixando claro logo de início que o consórcio é vantajoso para o cliente. Por fim, o consórcio é um compromisso, ele permite um planejamento melhor do orçamento, sendo uma boa opção para quem possui dificuldades em cortar gastos.

Confira abaixo outras vantagens de fazer um consórcio:

DIFERENÇA ENTRE CONSÓRCIO E FINANCIAMENTO?

O consórcio e o financiamento são formas de adquirir um bem de consumo, porém funcionam como sistemas diferentes. O primeiro é visto como uma poupança ou investimento para o futuro.

Em contrapartida, o financiamento permite que o cliente retire seu bem de consumo imediatamente. Contudo, ele envolve uma cobrança de juros que pode até dobrar o custo inicial.

No financiamento, o cliente procura o banco e especifica o bem de consumo que deseja comprar. Em contrapartida, a instituição realiza uma análise profunda para entender a situação financeira da pessoa.

Após a avaliação, o banco determina quais são as condições exigidas para o crédito, incluindo as regras de parcelamento e o acréscimo de juros segundo a mensalidade.

Além disso, também é comum que o banco peça uma parte do valor como entrada para atestar a disponibilidade financeira do cliente. Antes de a contratação ser finalizada, é necessário entregar uma série de documentos para validar o cadastro.

QUANDO O CONSÓRCIO VALE A PENA?

1.7O consórcio é uma solução que vale a pena em uma série de ocasiões. Em especial, ele é a melhor opção para pessoas que podem esperar e funciona como uma espécie de poupança programada.

Por sua vez, ele também é uma alternativa para quem deseja fugir dos juros. Após a sua contemplação, o membro recebe sua carta de crédito e paga as parcelas predeterminadas.

O consórcio envolve apenas as taxas de administração que são cobradas pela administradora.

A modalidade é válida para quem precisa de disciplina. Economizar dinheiro não é uma tarefa tão fácil, e muitas pessoas optam por poupar apenas aquele valor que sobra no fim do mês.

Dessa forma, o consórcio é uma forma de adquirir um compromisso mensal semelhante às contas fixas, pois é importante pagar as parcelas para atingir o seu objetivo.

Além disso, o cliente pode buscar a flexibilização no pagamento, fazendo com que o consórcio seja uma ótima opção, pois ele se ajusta de acordo com a sua situação financeira.

Por exemplo, nos meses em que sobrar mais dinheiro, o participante pode dar lances e aumentar suas chances de ser contemplado. Outra alternativa é pagar um pouco a mais na parcela mensal e diminuir a quantia aos poucos.

Por fim, o consórcio é uma ótima opção para quem prefere uma garantia. Afinal, muitas pessoas têm medo de se arrependerem da compra de um imóvel ou automóvel.

Seja por uma mudança de objetivos ou dificuldades financeiras, é completamente aceitável desistir do seu objetivo inicial. Logo, o consórcio permite que o participante possa resgatar o seu investimento na última reunião do grupo.

QUAL CONSÓRCIO SAI MAIS RÁPIDO?

Muitas pessoas se perguntam qual é o consórcio que sai mais rápido, ou seja, no qual o participante tem mais chances de ser contemplado bem no começo.

Contudo, não existe um modelo que contemple mais rápido, uma vez que todos os participantes podem ser sorteados desde o primeiro até o último mês do contrato.

Mas existem algumas práticas que podem ajudar o consorciado a ser contemplado logo. A primeira recomendação é pagar as parcelas em dia, já que isso evita que o participante seja excluído do sorteio.

Outra recomendação é se planejar para dar lances. Mas é necessário ter um controle financeiro para fazer a oferta de antecipação das parcelas. Ademais, o participante pode avaliar as chances de entrar em um grupo de consórcio já em andamento.

Em um consórcio em andamento, várias pessoas já foram beneficiadas com a carta de crédito, um fator que reduz a concorrência. Além disso, o consorciado pode avaliar o histórico de lances vencedores para identificar a época mais favorável e otimizar as suas tentativas.

Facebook
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Entre em contato
Contate-nos

Nossos experts vão auxliar você

Nossa filial

Estamos Aqui para Ajudar: Entre em Contato Conosco e Descubra as Melhores Soluções para o Seu Negócio!

Campinas – SP

  •   +19 992113223

  •  comercial@fcfconsorcio.com
Scroll to Top